Você está aqui: Página Inicial / Extensão / Programas e Projetos / Projeto de Extensão Flauta Doce

Projeto de Extensão Flauta Doce


O projeto “Grupo de Flautas doce do IPA” é uma proposta que decorre do trabalho que já vem acontecendo no Grupo de flautas do IPA desde 2012, no sentido de consolidar e ampliar as ações de extensão e ação comunitária no sentido de promover o processo de musicalização em grupo e de dialogar com a comunidade. Esse projeto está articulado ao PPC do Curso de Licenciatura em Música do IPA que contempla em seu currículo 2 semestres de flauta doce para todos os alunos – no primeiro e segundo semestres do Curso – e, dessa maneira, será um espaço de continuidade da prática de flauta doce em grupo, com a ampliação de repertório de diferentes épocas e estilos, assim como a proposta interdisciplinar de trabalhar com concertos didáticos em escolas da rede pública de Porto Alegre, em um diálogo constante com discentes e docentes do Curso de Pedagogia do IPA.

Acredita-se que o fazer musical em grupo, com ações de socialização com a flauta doce para alunos, ex-alunos e membros da comunidade que tenham interesse em fazer e apreciar música, seja vista primeiramente como uma prática social (Souza, 2000) que desenvolvemos e que está em consonância com os valores de inclusão e de diversidade que fundamentam o Curso de Música do IPA.


OBJETIVOS

GERAL
Ampliar o trabalho musical coletivo com a flauta doce para alunos, ex-alunos e membros da comunidade.

ESPECÍFICOS
- Trabalhar com as flautas doce soprano, contralto, tenor e baixo, ampliando os conhecimentos musicais dos discentes e de outros interessados na prática coletiva de flauta doce;
- Pesquisar repertório de diversos períodos e estilos musicais para a prática coletiva;
- Organizar uma série de concertos didáticos em escolas de educação básica, com a parceria das discentes do curso de Pedagogia, no sentido de oportunizar o contato e ampliação de repertório e escutas musicais;
- Promover workshops com docentes e discentes de flauta doce de outras instituições no sentido de trocar saberes e fazer parcerias (Grupo de flautas doce do IFRS, grupo de flautas doce da UERGS, grupo de flautas doce da UFPel, entre outros);
- Possibilitar que o grupo de flautas doce seja campo de estágio supervisionado para discentes do curso, como já vem acontecendo.

ATIVIDADES
- Ensaios semanais do grupo durante todo o ano letivo, com a duração de 1h30 minutos;
- Escolha e organização de repertório com diferentes enfoques: períodos e estilos musicais;
- Série de concertos didáticos em escolas de Educação básica, com o calendário de 4 a 5 concertos por ano, com o objetivo de atingir crianças e jovens da educação infantil, séries iniciais, finais e Ensino médio;
- Participação em 2 apresentações musicais por semestre, sendo uma no IPA e outra em Instituições parceiras que tenham o trabalho com grupos de flauta: UFRGS, IFRS, UFPel, UERGS. As apresentações no IPA serão para a comunidade em geral e convidando docentes e regentes de grupos de flautas doce de Projetos sociais para tocarem conosco;
- Convidar grupos de flauta doce de outras Instituições para participarem das apresentações no IPA, no sentido de ampliar o diálogo de fazeres e saberes musicais;
- Organizar 1 Encontro Anual de flauta doce coma participação de docentes convidados, flautistas e professores da escola básica com oficinas, workshops e apresentações musicais;
- Workshop para discentes do curso de Pedagogia e de outros cursos de licenciatura do IPA interessados em conhecer o repertório dos concertos didáticos e situá-los no campo da História da Música, conhecendo suas características e contextualização de cada obra.

Equipe:
Profa. Dra. Maria Cecilia de Araujo Rodrigues Torres -
Profa. Dra. Cristina Bertoni dos Santos -