Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / Novembro / Programa de Extensão In(ter)venções Urbanas apresenta trabalho na 14ª Conferência Internacional sobre Saúde Urbana em Coimbra, Portugal

Programa de Extensão In(ter)venções Urbanas apresenta trabalho na 14ª Conferência Internacional sobre Saúde Urbana em Coimbra, Portugal

A professora Fernanda da Cruz Moscarelli representou a Instituição no evento
Programa de Extensão In(ter)venções Urbanas apresenta trabalho na 14ª Conferência Internacional sobre Saúde Urbana em Coimbra, Portugal


A professora do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Metodista - IPA, Fernanda da Cruz Moscarelli, participou do “14th International Conference on Urban Health - ICUH 2017” (14.ª Conferência Internacional sobre Saúde Urbana), realizado no final de setembro em Coimbra, Portugal. A docente apresentou o trabalho oriundo das atividades de extensão desenvolvidas pelo Programa de Extensão In(ter)venções Urbanas, onde atua em conjunto com os professores Roberto Nehme, Patrícia Moura e Rodrigo Erhart.

O trabalho intitulado “Strategies for transforming degraded public spaces in the 4th District of Porto Alegre (Brazil) in places using Placemaking methodology“ (Estratégias para transformação de espaços públicos degradados do 4° Distrito de Porto Alegre (Brasil) em lugares através da metodologia Placemaking) foi selecionado para integrar o painel Healthy Inclusive Placemaking: Global Ideas for US Solutions.

"Utilizamos duas estratégias: o Place Making que é a construção participativa de espaços urbanos em locais degradados e o uso do urbanismo tático pela rapidez que ações exigem, contando muitas vezes com intervenções efêmeras. Estes espaços são concebidos para multiples usages (diferentes usos para diferentes gerações) e ajudamos a animar os espaços com atividades econômicas, culturais e educativas, a fim de estabelecer uma gradual agenda de saúde pública e de compreensão da importância dos espaços públicos", descreve a professora. 

O grupo compreende professores e alunos de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Metodista, parceiros da Rede de Sustentabilidade e Cidadania (PMPOA, UNISDR-ONU-Habitat) e da associação de Empresários do bairro Humaitá-Navegantes (AEHN). "Nosso objetivo é multiplicar o o efeito de re-urbanização e de consciência ambiental", diz. Para a apresentação do projeto, o evento cedeu uma bolsa para professora e pesquisadora comparecer ao evento, financiado pela Fundação Americana Robert Wood Johnson.

Segundo Fernanda, o congresso tinha por objetivo discutir a Equidade da saúde: a nova agenda urbana e objetivos de desenvolvimento sustentável. "Atualmente, as cidades são as principais impulsionadoras do desenvolvimento dos países e representam, assim, espaços de oportunidades para transformar a saúde e o bem-estar da sociedade, de modo que as cidades devem estar na vanguarda da abordagem da agenda global de desenvolvimento sustentável", declara.

O evento contou com a participação de representantes de universidades e governos de diversos países diferentes da Europa, América e África, além de autoridades nas áreas de saúde, meio-ambiente e diferentes áreas de conhecimento. 

Confira algumas fotos do evento abaixo:

14ª Conferência Internacional sobre Saúde Urbana

registrado em: