Histórico

Histórico

Este Programa foi constituído com base no acúmulo de pesquisa e de produtos qualificados desenvolvidos pelos grupos de pesquisa na área de Biociências e Saúde. Recebeu autorização do Conselho Técnico Científico da CAPES para funcionamente em dezembro de 2008.


A organização do curso envolve disciplinas de quatro eixos:


Eixo 1: Interdisciplinaridade e Pesquisa – (9 créditos) com a finalidade de assegurar a formação em pesquisa, com postura inter e transdisciplinar, durante todo o curso. As disciplinas do eixo compreendem: o Seminário Interdisciplinar de Pesquisa em Biociências e Reabilitação (3 créditos), Oficina de Integração Interdisciplinar (3 créditos) e o Seminário de Pesquisa (3 créditos). 

Eixo 2: Construção interdisciplinar dos objetos de pesquisa das respectivas áreas de conhecimento – (6 créditos) respeitando a visão interdisciplinar que orienta a área de concentração, e tendo por base a formação em epistemologia e metodologia da pesquisa proporcionadas pelas disciplinas do Eixo 1, as disciplinas do Eixo 2 visam à construção dos objetos de pesquisa das linhas de pesquisa do curso. Este eixo compreende as disciplinas de: Marcadores Biológicos como Ferramentas de Investigação (3 créditos) e Cuidados Humanizados em Saúde (3 créditos). 

Eixo 3: Recorte dos objetos das Linhas de Pesquisa – (9 créditos) onde haverá a apreensão dos objetos na sua singularidade, (re)construindo suas dimensões específicas (como objetos das ciências biológicas e das ciências da saúde), com seis créditos escolhidos de um universo de disciplinas oferecidas pelas duas Linhas de Pesquisa. Essas disciplinas serão preferencialmente marcadas pela produção do docente vinculado ao Programa. 

Eixo 4: Atividades programadas – (3 créditos) atividades teórico-práticas que visam à complementação da formação do pesquisador a partir da especificidade de sua formação anterior e de seu tema e objeto de pesquisa, definidas em acordo com seu orientador. Elas conferem a necessária flexibilidade ao percurso curricular. Essas podem ser, entre outras: publicação de artigos, organização ou participação em eventos científicos ou culturais, assistência de qualificação, defesas de dissertação e teses, na instituição ou fora dela; estágios, inserção em programas de extensão e/ou de ensino, freqüência a disciplinas de cursos de graduação ou pós-graduação (3 créditos), que podem ser obtidos ao correr dos quatro semestres. 

O mestrado acadêmico multidisciplinar em Biociências e Reabilitação pretende contribuir para a produção de conhecimento novo e para a formação de pesquisadores qualificados em duas grandes áreas do conhecimento humano: Ciências Biológicas e Ciências da Saúde. Sua área de concentração em “Saúde e Biociências” tem como foco o estudo de biomarcadores associados ao diagnóstico e ao prognóstico dos estados de saúde e doença, assim como à eficácia, efetividade e eficiência dos cuidados e terapêuticas clínicas, visando à prevenção, proteção e à reabilitação integral e humanizadora da saúde. Pretende-se desenvolver projetos de pesquisa capazes de integrar o estudo sobre marcadores biológicos com pesquisas em cuidados de promoção e proteção integral à saúde, incluindo novas técnicas de reabilitação.